2034a

Esposa pega marido batendo uma para amiga


Convidar uma amiga pra ir em sua casa… com seu marido lá…será que daria certo?
(escrito por Kaplan)
Casal bem liberal, Armando e Eleonora eram pessoas simpáticas, com um círculo grande de amigos e amigas, todos libertinos como eles. Inclusive Meg e eu…claro!

Pois bem. Num determinado fim de semana, estavam eles em sua casa, grande, com piscina, jardins e quintal. Eleonora já estava de biquíni, assim como sua amiga Celeste, que ela tinha convidado a passar o fim de semana com eles. Armando ficou entusiasmado quando viu as duas de biquíni, especialmente a Celeste, que ele não conhecia, era a primeira vez que ela tinha sido convidada.
Mas ela está de biquini ou nua?

O telefone tocou, ele atendeu na sala e chamou a Celeste.

– Ei, tem um Ronaldo te chamando ao telefone. 

– Ah… é meu namorado… coitado, me vigia tanto. Espero que não se incomodem de eu ter dado o número do telefone de vocês e ele, com certeza, vai ligar mais umas duas ou três vezes, só para saber se estou bem.

Riram e ele perguntou porque ela não o tinha levado.

– Ah… tem horas que ele é muito chato, se ele me visse com esse biquíni aqui ia me dar uma torrada sem fim… bem, deixa eu atender.

De fato, o biquíni que ela usava era de chamar a atenção. Tanto é que chamou a atenção do Armando…

Ela sentou-se no sofá e ficou conversando, o casal foi para a piscina, mas Armando não resistiu e foi dar uma espiada na Celeste. E viu que parecia que ela estava fazendo sexo por telefone, porque rebolava, passava a mão nos seios, conversava de olhos fechados, baixinho, não dava para ele ouvir o que ela dizia.

E vendo aquela bunda… quase toda descoberta porque o fio dental que ela usava era um fio mesmo… seu pau endureceu, ele o pegou e ficou se masturbando, de leve… e aí a Eleonora percebeu, chegou sorrateiramente até onde ele estava e o surpreendeu com a mão no pau e olhando para a Celeste. 
Olha só… batendo uma pra Celeste… safado!

– Ah, safado, você gostou de ver a minha amiga…

– Claro… impossível não gostar… que delícia de mulher!

– Eu tinha certeza de que você gostaria… por isso que a convidei, vem, vamos lá contar pra ela do seu entusiasmo.

Puxou o marido pela mão, entraram na sala e ela fez sinal pra Celeste desligar o telefone. Prontamente ela o fez e aí viu Eleonora abaixar a bermuda do marido e exibir o pau dele, estourando de tão duro.

– Celeste, você foi a responsável por isso, agora me ajude a resolver o problema do Armando…

– É… estou vendo que você não exagerou não, amiga… que beleza…

Chegou perto do Armando, que já tinha a camiseta tirada pela esposa e pegou no pau dele, sentindo  a grossura, o tamanho. Irresistível! Levou-o para o sofá, ele ficou ajoelhado numa das pontas, e Celeste deitou na frente dele e começou um boquete, assistido por Eleonora. Como as duas já tinham combinado que aquilo poderia acontecer, logo ela cedeu o lugar de chupadora para a esposa. Armando ficou comparando e achou difícil saber qual das duas chupava melhor… páreo duro!

Eleonora terminou o que tão habilmente executava, e falou:

– Já que fui eu que preparei esta festa, mereço ser comida primeiro, concordam?

Ninguém fez objeção, ela, então ficou de quatro no sofá e o marido chegou por trás e meteu, e meteu muito, estava muito agradecido pelo que a esposa fizera e queria lhe dar muito prazer.

Depois foi a vez de Celeste, que optou pela tradicional cavalgada, sentada de costas para o Armando e pulando desenfreadamente. 
Essas duas me matam… que delícia!

Completaram aquele primeiro encontro com as duas ajoelhadas, uma de cada lado dele, chupando seu pau até ver que ele gozava para elas apararem o gozo com suas línguas.

Isso aconteceu na manhã de sábado. Faço um desafio aos leitores e leitoras: o que mais teria acontecido na parte da tarde?

Só naquele período, porque o chato do Ronaldo telefonou implorando pra Celeste voltar logo…

E a tolinha voltou…