Meus vizinhos

Facebook




Quase toda noite posso ouvir nitidamente o gemido dos meus vizinhos e o barulho da cama, me fazendo pensar em como eles devem ser entre quatro paredes. 
Ela parece ser muito fogosa e ele parece mandar muito bem, formando assim, um casal deliciosamente quente.Em um sábado de manhã, resolvo fazer a minha caminhada pelo parque, isso por volta das 7h30min, fico por volta de uma hora correndo e depois volto para a minha casa.Neste dia, voltando para a casa, vejo que meus vizinhos estão se beijando no portão da casa deles, e como tinha imaginado ele tem uma boa aparência e ela é muito gostosa.Chegando mais perto da casa, os cumprimentei com um bom dia e entro em casa para tomar o meu banho, não demora muito e ouço a campainha tocar. O corredor de casa é grande, então demoro a chegar ao portão, neste tempo a campainha toca mais duas vezes. Não percebo, mais estou somente de toalha, afinal ia entrar no banho.Chego no portão, vejo que são eles e abro.
– Oi?
– Oi! tudo bem?
Eles me olham dos pés a cabeça.
– Sim, e vocês? Querem entrar?
– Bem. Se não for incomodar. (ele me responde)
– É claro que não.
E peço que eles entrem.Percebi que ele me olha de um jeito que parecia me desejar. Fico vermelha e com pensamentos maliciosos, mas enfim, fecho o portão  e sigo eles em direção a porta de entrada da minha casa.Percorremos todo o corredor sem falar absolutamente nada, era como se eu tivesse dois estranhos dentro de casa, por nunca ter falado com eles. Entramos em casa e fomos para a sala. Pedi a eles que sentassem e ofereci algo para beberem.
– Vocês aceitam algo para tomar?
– Sim, por favor. Dois cafés. (Ele responde).
Pedi licença a eles e fui para a cozinha pegar os cafés e só ai percebi que estava apenas de toalha. Fiquei ainda com mais vergonha, mas não tinha mas jeito. Coloquei tudo em uma bandeja, fui em direção a sala e coloquei a bandeja em cima de uma mesa que tinha na sala, pedi licença novamente a eles
– Gente, me desculpe, nem percebi que estava de toalha, vou colocar uma roupa.
E passei por ela, quando ia passar por ele, ele me segurou pelo braço.
– Não tem problema, fica assim mesmo. Precisamos te falar uma coisa, vai ser rapido, não tem problema.
Percebi que ela havia gostado do pedido feito por ele, e decidi me sentar daquele jeito mesmo. 
– Nós nunca nos falamos antes né? 
– Não não. (ela responde)
Acho estranho, mas continuo ai olhando para eles, porem sem reação alguma.
– Então, nós queremos lhe fazer um convite.
– Pois não?
– Eu e ele (aponta), queremos fazer uma festinha hoje a noite lá em casa e queremos você lá.
– Nossa ! Vocês nem me conhecem direito e já estão me convidando para uma festa? 
– Claro! Porque não: Você é a nossa vizinha, e temos que conhecer nossos vizinhos, você não acha que é uma otima oportunidade de nos conhecer?
– Ah! é verdade. Vou sim.
– Tudo bem, esperamos você lá mais tarde.
– Obrigada pelo convite.
– Nós que agradecemos.
E eles levantam do sofá e percorrem o corredor, e eu vou atras, pois preciso abrir o portão para eles.Percebo que eles se entendem muito bem, a forma como eles trocam olhares dizendo tudo sobre eles.Abro o portão para eles e me despeço, volto para dentro de casa para tomar o meu banho.Como moro sozinha, não tenho problema algum em andar de toalha pela casa e muito menos pelada, então sempre entro no banheiro somente de toalha, e depois saiu pelada.Entro de baixo do chuveiro e a água que cai esta no ponto, nem tão quente e nem tão gelada, isso me deixa relaxada. Passo as mãos pelo meu corpo meu cabelo, a fim de sentir toda a água percorrer. Tomar banho desse jeito é realmente uma delicia. E enquanto passo a mão pelo meu corpo, o meu pensamento vai de encontro com aquele casal,Começo a me lembrar de como eles parecem mandar bem na cama e começo a sentir meu corpo entrar em chamas. Eu nunca tinha pensado neles daquele jeito, o meu pensamento me levava ao tesão máximo. Logo sai do banho, pois estava ficando louca com aquela agua caindo sobre o meu corpo me fazendo pensar em como seria ir para a cama com eles.De certa forma era uma situação engraçada, porém muito excitante.Fui para o meu quarto nua, meu cabelo era comprido e precisava usar uma toalha para que o meu corpo não ficasse novamente molhado, enrolei meu cabelo na toalha e deitei na minha cama, meu pensamento flutuou novamente de encontro a eles, eu morava sozinha e com isso tinha que ser prevenida, tinha vários brinquedinhos e a vontade de sentir um pau dentro da minha buceta só aumentava a cada momento, não tive escolha, me levantei fui ate o guarda-roupa e peguei um vibrador, deitei novamente na cama e comecei a pensar neles e minha buceta já estava toda molhada, meti o vibrador sem dó e comecei a rebolar nele e gemia gostoso, enquanto isso, me masturbava junto, a sensação era deliciosa. eu estava louca, desejando ter aqueles dois pra mim.Não demorou muito e eu gozei, deixando o vibrador todo melado, eu precisava me arrumar, afinal ia para a tal festinha deles. Coloquei um vestido azul curtíssimo, um salto meia pata, cabelo penteado, um bom perfume e sai, fui para a casa deles. Ela me recebeu e estava simplesmente maravilhosa, entrei e ela me guiou até a sala onde tinha mais alguns convidados, ela me apresentou e me levou para o quarto dela, onde o marido dela, ficamos os três no quarto, quando ela começou a falar.
– Nós temos uma proposta para você.
– Qual?
– Eu e o meu marido, sempre tivemos desejo de colocar outra mulher entre a nossa relação, e queríamos que fosse você.
Fiquei muito assustada com aquilo e não sabia o que dizer.
– Como assim? (pergunto)
– É simples. Desde que estamos juntos, sei que fui a unica mulher do meu marido e gostaria de da esse prazer e ele e pensamos que você seria a mulher ideal para ela. Ele gostou muito de você. Faz um tempo que estamos criando coragem para te falar isso, nós não sabíamos como dizer isso a você, e hoje vimos que você é realmente a pessoa ideal para isso.
Passo a mão pelo rosto não acreditando naquilo, mas de certa forma eu queria.
– E como seria isso?
– Você da pra ele, e ele te come, simples.
– Mas e você? 
– Eu vou lá pra baixo curtir a festa e quando terminarem, vocês descem também. Topa?
Mordo o lábio, pensando no que quero fazer e dedico que quero topar sim. 
– Topo. 
Ela sorri para mim, da um beijo nele e começa a descer as escadas, o marido dela, se levanta da cama, fecha a porta e já vem pra cima de mim e começa a me beijar, estou meio travada ainda em relação ao que estava acontecendo ali, mas ele me beija com tanta vontade, que não demora muito para eu começar a me entregar a ele, começo a tirar a camisa dele, e ele tira o meu vestido que desliza sobre o meu corpo e cai no chão. Ele sem nem parar de me beijar, começa a passar a mão pelos meus seios e aperta com uma vontade, paro de beijar ele e forço a cabeça dele em direção aos meus seios, ele parece se perder entre eles, da beijos e depois chupadinhas. Que delicia de boca, agora posso entender o motivo pelo qual ela geme, e ele continua descendo, passando a boca pela minha barriga e da um beijo por cima da calcinha. Ele me empurra de leve e eu caiu na cama de perna aberta, ele vem chegando se ajoelha na minha frente, coloca a calcinha de lado e passa a língua, da uma chupadinha no clítoris e depois começa a colocar um dos deso dentro da minha buceta que esta toda molhadinha, começa a fazer movimento de vai e vem devagar, e eu sinto o dedo dele entrando e saindo e imaginando que é o seu pau começando a me foder, aos poucos ele enfia outro dedo e vai ficando cada vez mais gostoso, quando percebo, estou rebolando nos dedos dele, e ele só mordendo os lábios, ele resolve me chupar enquanto me masturba, ele fica mordendo meu clítoris, acabei gozando na boca dele, ele me fazia delirar de tesão.Ele se levantou, tirou tudo e chego perto da minha buceta, com o pau, colocava na entradinha e forçava só a cabecinha e tirava, ele estava me deixando louca. Até que sem esperar, ele meteu tudo de uma unica vez, dei um grito quando terminou de entrar, ele fodia a minha buceta rápido e eu ficava até sem folego, aos poucos ele ia arrombando a minha buceta, eu gemia e ele também, foi quando ele parou, tirou o pau da minha buceta e me colocou “d4”, me segurou pela cintura, e meteu me puxando contra o corpo dele, entrou gostoso e ele começou a meter forte de novo, puxou meu cabelo com uma mão e com a outra segurava a minha cintura, eu sentia ele todo dentro de mim, a cada bombada que ele dava, era um gemido diferente, ele era demais, foi quando ele começou a foder ainda mais rápido, acabou gozando. Me levantei, me vesti e fiquei esperando sem saber o que deveria fazer, ele também se trocou e descemos juntos para a festa, estávamos satisfeitos, ele me comeu deliciosamente. Me sentei junto com ele e a esposa bebemos a noite toda, logo pela manhã fui para casa tomar um banho e dormir. eles se mudaram faz pouco tempo, mas foi uma experiencia que jamais vou esquecer.

Amantes da putaria

 Em pleno século 21, a coisa mais difícil de se encontrar, é casais que são fieis uns aos outros, com este pensamento, eu e meu namorado decidimos assumir que somos amantes da putaria e fazemos juntos tudo o que temos vontade.
Tudo o que queremos fazer, nós conversamos e decidimos se é bom ou não fazer.
Atualmente o nosso maior desejo, é poder ver outro casal metendo para nós, como um pornô ao vivo.
Claro que se o casal quiser, podemos ser vistos também, porém a nossa maior experiência foi sexo a 3, claro que foi um presente para ele, afinal, abri mão do meu ciúmes para ver ele fodendo com outra mulher.
Nós não tínhamos noção de como íamos encontrar alguém para isto, pois as mulheres que tinham vontade de fazer isso, sempre davam a mesma desculpa, dizendo que jamais faria isso, porque ele é o meu namorado.
Porém certo dia, puxei essa conversa com uma amiga, a Mika, ela sempre me dizia que tinha vontade de fazer grandes loucuras, mas não tinha coragem, ainda mais com conhecidos, ela era solteira e sempre muito bem resolvida.
De todas as minhas amigas, ela era a única que eu conhecia e que assumia o que ela realmente queria.
Decidi tomar atitude e chamar ela para fazer uma surpresa para o meu namorado.
Ela resistiu muito dizendo que não poderia fazer aquilo porque éramos um casal de amigos.
Mas acabei convencendo ela a pelo menos sair com a gente, depois nós víamos o que acontecia.
Combinei de me encontrar com ela no shopping, as 15h00 numa sexta-feira e combinei com o meu namorado de chegar as 16h00, mas ele não sabia dela. Eu sempre fui engenhosa adorava desafios, e agora não seria diferente.
Por volta 13h00, vou para o banho, me arrumar, encontrar eles de uma forma que nenhum dos dois resistira a situação, para que daí, saíssemos somente para um motel.
Me arrumei toda, coloquei um vestido preto decotado na frente e curto no comprimento. O vestido ela havia me dado e o meu namorado ficava louco quando me via com ele, um salto fino que homem nenhum resiste, cabelos soltos, maquiagem básica feita, e claro o perfume que não poderia faltar.
Estava pronta e linda, isso já eram 14h10, eu estava atrasada, pois o shopping ficava cerca de 1h20 de casa, mandei um SMS para ela avisando que ia me atrasar um pouco.
Ela me respondeu rápido e disse que estava tudo bem, mas que ela já estava chegando lá.
Decidi as escadas de casa, entrei no carro, a fim de chegar o mais rápido possível.
Achei que não estaria transito, mas devido á um acidente, estava um transito terrível. Tentei cortar por diversas ruas e acabei chegando lá bem mais rápido do que eu pensava. Tinha feito o caminho em 40 minutos. O shopping não era grande, com isso, achei ela em menos de 5 minutos.
A cumprimentei e já fomos para a praça de alimentação, queria comprar um milkshake e esperar meu namorado chegar.
Compramos o milkshake e ficamos ali conversando por um bom tempo. De fato nós duas éramos lindas, e todos os caras que passavam por ali, mexia com a gente.
Conhecia ela dês dos nossos 6 anos de idade, ela sabia tudo sobre mim e eu sabia tudo sobre ela,
Quando a gente se encontrava, nós nos lembrávamos das loucuras que fazíamos na adolescência. Ela havia perdido a virgindade em um show de rock, em baixo de uma escada com alguém que ela nem sabia o nome. Já eu em um show de funk, foi onde conheci meu namorado e ate hoje nós estamos juntos.
Quando estávamos juntas não tinha pra ninguém.
As horas iam passando e o meu namorado chegou, ao ver ela na mesa comigo fez cara de quem não estava entendendo nada.
Ele me deu um selinho e a cumprimentou com um beijo no rosto.
Mika já me olhou com aquela cara de “você esta aprontando de novo”.
E eu confirmei com um sorriso.
Nós 3 ficamos conversando ali e senti que estava realmente rolando uma química entre eles. Era perfeito. Tudo o que eu mais queria.
Acontece que depois deste momento, comecei a me insinuar para os dois, e provocava meu namorado, falando coisas do tipo “A Mika é linda, né?”, “Eu a pegava”, e Mika também o provocava, ate que no meio de uma brincadeira, ela acabou me beijando na frente do shopping todo. Meu namorado foi a loucura e propôs que nós 3 saíssemos dali, e fossemos a um motel que era próximo dali. Claro que eu e Mika aceitamos, afinal o tesão aumentou depois daquele beijo.
Levantamos os 3, peguei na mão do meu namorado e fiquei ao lado direito, já Mika do lado esquerdo e ele a abraçou também. Deixei meu carro no shopping mesmo e fomos no carro do meu namorado; ele foi dirigindo enquanto eu e a Mika, fomos atrás, é claro que para nos “conhecer” melhor. Mika era uma delicia e muito safada, eu me deixava levar aos toques dela.
Começamos a nos beijar no banco de trás e percebia que ele nos olhava através do retrovisor.
Mika me pegava pelos cabelos e beijava o meu pescoço, tirou as alças do vestido, fazendo os meus seios ficarem amostra para ela e para o meu namorado, enquanto isso eu acariciava a perna dela, e comecei a passar o dedo na bucetinha dela.
Percebi que meu namorado havia dado duas voltas no quarteirão só para ver a gente se pegando ali.
Quando ele percebeu que eu estava olhando. Decidiu entrar no motel. Entramos e ele já pediu uma suíte, nós estávamos pegando fogo, e enquanto ele estacionava o carro, me arrumei, peguei na mão da Mika, e já subimos para a suíte. Fomos direto para a piscina. Tirei a roupa dela deixando ela nua, e também tirei a minha. Entramos na piscina. Logo meu namorado chegou e também já foi para a piscina, porém ele ficou sentado ali só olhando nós duas se pegando. Eu a beijava, e ela tinha um lábio suave, nós riamos e o sorriso dela era malicioso.
Ela começou a acariciar os meus seios, então chamei o meu namorado e ele me atendeu, tirou a roupa e encontrou coma gente, o pau dele já estava duro, logo que ele entrou e a Mika fomos perto dele, Mika o beijou e começou a passar a mão pelo corpo dele, ate chegar em seu pau. Enquanto isso, eu estava ali beijando ele.
Ele parecia estar indo a loucura, decidimos sair da piscina e ir para cama.
Mika saiu primeiro, pegou a toalha e foi para a cama, enquanto isso eu e o meu namorado, ficamos ali nos pegando. Decidi meter um pouquinho com ele antes de ir para a cama e do jeito que ele estava ali sentado, sentei em cima do pau dele, que entrou gostoso e começamos a meter, gemi alto, Mika estava na cama esperando por nós, então depois de matarmos a nossa vontade de fuder gostoso dentro da piscina, saímos e fomos para dentro, quando entramos Mika estava deitada na cama brincando com o pau de borracha. Que delicia ver aquela cena, soltei a toalha e fiquei “d4”, para poder chupar a buceta dela, enquanto isso, meu namorado chegou por trás de mim, e meteu. Enquanto ela rebolava na minha boca, eu rebolava no pau dele, ate que ele parou de meter em mim e levou o pau ate a boca dela. Então decidi parar de chupá-la e ir ate lá em cima chupar o pau dele também, fiquei por cima dela e nós duas ficamos chupando o pau dele, sabia que ele estava indo ao êxtase com aquilo, afinal ele desejava aquilo mais do que qualquer coisa, nós deixamos o pau dele todo babado, ele gemia alto e sem parar segurava a minha cabeça forçando o pau entre a minha boca e a boca dela. Ele pegou e começou a bater o pau dele na minha boca e depois na boca dela, ate que depois disso, eu e ela começamos a nos beijar e ele tentava colocar o pau no meio de nossos beijos, mas não conseguia.
Ele então me puxou pelo cabelo, me fazendo levantar, me deu um beijo bem molhado e me pegou pela cintura me fazendo sair totalmente de cima da mika.
Sentei na cadeira que tinha de frente e fiquei olhando os dois metendo, enquanto isso ia me masturbando. Era a melhor sensação ver ele ali comendo outra na minha frente. Ele gemia e ela ainda mais, de fato os dois estavam pegando e claro eu também. Eles então pararam de foder, e meu namorado, veio em minha direção e puxou as minhas pernas contra o seu corpo, e naquela posição mesmo, começou a meter sem parar. Mika se levantou da cama e entrou ao meu lado em outra cadeira e enquanto ele metia em mim, ela passava a mão em meus seios, chupava os meus biquinhos os deixavam molhados, ela apertava com força enquanto meu namorado metia sem parar. Não demorou muito para que eu gozasse no pau dele.
Ela já ficou de joelhos em nossa frente o chupou com vontade aquele pau maravilhoso, e já subiu para chupar a minha buceta também.
Meu namorado resolveu terminar a nossa brincadeira comendo ela “d4”, pegou na cintura dela, meteu com força, enquanto ela gemia sem parar, quando ele estava próximo de gozar, colocou nós duas de joelhos e gozou na gente, fazendo com que seu gozo, caísse pelos nossos seios. Ela chupou meus seios mais uma vez, levantamos e fomos para o chuveiro enquanto isso meu namorado pediu champanhe para comemorarmos, e fomos os três para a piscina após o nosso banho. Ficamos no motel por mais algumas horas, tendo algumas brincadeirinhas e depois fomos novamente para o shopping, pois eu precisava pegar meu carro e levar ela para casa.
Quando chegamos na casa dela, ela me convidou para entrar, mas não quis aceitar, pois ia para casa ficar com meu namorado que estava me esperando. Ela me deu um beijo de boa noite e saiu do carro.
Fui para casa me encontrar com ele, chegando lá, nós transamos de novo pensando em tudo o que tinha acontecido.
A nossa experiência foi maravilhosa, mas fizemos apenas uma vez, estamos a espera de um casal que possa transar para nós.

Festinha

Nada melhor do que uma festinha entre amigos; eu e o meu namorado combinamos de fazer um churrasco para os nossos amigos e assim foi feito à festa.

O local escolhido para tudo isso acontecer, foi a casa do meu namorado; ele ligou para os amigos dele e eu para os meus, compramos as coisas e fomos curtir a festa.
Um som rolando, as meninas dançando e os meninos conversando. Eu estava sentada no sofá do lado de fora junto de uma amiga.
Estamos conversando sobre alguns desejos, fantasias, comentei com ela que adoraria realizar todas as minhas fantasias e as fantasias do meu namorado; percebi que ela havia gostado da idéia.
Então ela me confessou que estava afim de um dos amigos do meu namorado.
Neste mesmo momento ela se levantou e foi para o banheiro.
Chamei meu namorado que estava conversando com os seus amigos e falei:
– amor, a lê me disse que gostou do Leonardo, fala pra ele vim aqui, conversar com ela.
Meu namorado virou-se e chamou Leonardo, ele foi chegando perto e nesse momento Letícia também chegou, apresentei os dois e sai de lá, deixei os dois conversando. Fiquei junto com meu namorado o tempo todo.
Depois de algumas horas de festa; já passando das 2h da manha, depois de algumas bebidas, aumentaram o som e colocaram funk.
Todos começaram a dançar, porem eu fiquei sentada no colo do meu namorado, estávamos de frente para Leonardo e Letícia, percebemos que depois de alguns copos de vodka, os dois haviam se soltado.
Eles estavam se beijando, e Leo já acariciava o corpo dela disfarçadamente, senti neste mesmo momento que meu namorado também havia ficado excitado, aquilo me excitou também. Eu e ele começamos a nos beijar, enquanto todos dançavam, porem ficou só nos beijos.
Batendo as 3:30h da madrugada, algumas pessoas começaram a ir embora, ficando por coincidência ou não, somente os casais.
Pois bem, resolvemos sentar em volta da mesa e conversar, já que a vizinha havia reclamado que o som estava alto demais.
Papo vai, papo vem; e chegamos ao assunto que todos ali pareciam querer, sexo.
Cada um começou a falar das vontades que tinham, suas experiências e as suas fantasias. Todos se surpreenderam com as respostas, porem sabia que com isto, todos ali haviam ficado “ligados”; e eu fiquei ainda mais excitada.
Com isto, comecei a passar a mão o pau do meu namorado por baixo da mesa, percebi os caras que ele fazia de tesão.
Ele então se empolgou e começou a me beijar na frente de todos descontroladamente, me puxou, me jogou no sofá que estava lá fora e começamos a transar ali mesmo, na frente de todos.
Ninguém conseguia crer naquilo, nem eu mesma, mas com aquela cena, todos acabaram se soltando ainda mais, e começaram a transar ali mesmo; menos um casal que era Letícia e Leonardo, e eu e meu namorado não conseguíamos entender o porque, já que, eles já haviam se beijado e se tocado.
Então chamei Letícia, enquanto metia “d4” com meu namorado; e perguntei o que estava acontecendo, e ela me respondeu que Leonardo não queria fazer nada com ela, mas que ela estava muito excitada com tudo aquilo.
Eu sabia que ela era louca para transar pelo menos uma vez com meu namorado, então pensei em deixar ele meter com ela, enquanto eu iria conversar com Leonardo, para saber o que ele queria; então ali mesmo na frente de todos, mandei meu namorado meter com ela, enquanto eu olhava os dois.
Sentei ao lado de Leonardo e fiquei me masturbando; enquanto todos faziam sexo, inclusive meu namorado e minha amiga.
Porem mesmo antes de eu começar a falar com Leonardo percebi que ele havia começado a se excitar com tudo aquilo; e começou a “bater uma”; ali mesmo do meu lado.
Quando meu namorado viu, mandou que eu o chupasse; e depois metesse gostoso com ele, da mesma forma que ele estava fazendo com a minha amiga.
E de fato, só conseguia ouvir ela gemendo no pau do meu namorado.
Fiz tudo o que meu namorado disse; ajoelhei na frente do leo, coloquei o pau dele na minha boca, e o chupei deliciosamente, vi que alguns casais fizeram trocas no meio disto, inclusive meu namorado e a minha amiga.
Então sentei em cima do pau dele e comecei a rebolar, estavam todos metendo gostoso, ate que alguns casais iam terminando e cada um gozando de seu jeito, uns no cuzinho, outros no rosto e alguns na boca.
Com isto, eles iam indo embora, todos satisfeitos; sobrando somente, eu, leo, meu namorando, Letícia, Rodrigo e Camilla.
Meu namorado e Rodrigo já haviam gozado e os 4 só ficavam olhando enquanto eu metia com Leo. Ate que, eu e leo também gozamos.
Ficamos muito satisfeitos com aquela festinha; porem eu não iria dormir na casa do meu namorado, e precisava ir embora; Letícia e Leonardo, tambem iria ir com a gente, já que ela morava próximo da onde eu morava, já Leonardo só iria, pois iria voltar com meu namorado.
Rodrigo e Camilla estavam de moto, porem no meio do caminho, comentei que não tinha ninguém casa, e Letícia já falou de irmos todos para a minha casa, pois precisávamos terminar aquela festinha em grande estilo. Todos concordaram e fomos todos para a minha casa, inclusive chamei Rodrigo e Camilla.
Porem Camilla também não poderia ir, pois; não poderia dormir fora de casa naquela noite, Rodrigo foi levar ela para a casa, e nós fomos para a minha casa, Leo e Lê estavam no banco de trás, trocando beijos e caricias, enquanto eu e meu namorado só olhávamos os dois se pegando.
Ate que depois de 10 minutos, chegamos em casa; leo e Letícia já foram direto para o quarto, só conseguíamos ouvir os gemidos fortes deles, enquanto eles metiam sem dó; eu e meu namorado estávamos na cozinha, so ouvindo toda aquela cena, muito boa por sinal.
Depois de 5 minutos; a campainha tocou, quando fui atender, percebi que era Rodrigo; ele havia deixado Camilla em casa e dito a ela, que ia para casa, mas havia ido participar da nossa festinha.
Então decidimos ir todos para o quarto, onde Lê e Leo estavam fudendo gostoso.
Rodrigo já tirou toda a sua roupa; e já colocou o pau dele na boca dela, e ela o chupava gostoso.
Ele gemia e deixava o meu namorado louco para sentir aquela boca no pau dele, mas estava se controlando.
Então eu disse que ele poderia ir meter com eles, que eu ia adorar ver ele fudendo aquela safada.
Ele levantou tirou a roupa, e já chegou por trás dela, chupando o cuzinho dela, enquanto ela metia com Leo e chupada Rodrigo.
Foi deixando o cu dela todo molhado, e depois colocou devagar o dedo, e começou a masturbar ela, preparando o cuzinho dela, para meter gostoso.
Foi quando ele começou a meter o seu pau, primeiro a cabecinha, depois meteu mais fundo e depois meteu ele todinho;
Mas antes dele meter, eu havia deixado o pau dele todo molhadinho, para ele fuder o cu daquela puta.
Então ela metia com os 3, enquanto eu só olhava.
Depois de algum tempo, decidi participar da festinha deles, e fui lá no meio beija ela, ficando “d4” na frente de Rodrigo; então ele começou a meter na minha boceta; enquanto Leo chupava os meios seios; eu olhava fundo nos olhos do meu namorado, e vi naquele safado que ele estava adorando comer aquele rabo gostoso.
Mas também queria sentir o pau do meu namorado me fudendo, então olhei pra ele e disse.
– ah amor, quero tanto sentir você comendo o meu cu, vem me fuder, fode a sua puta.
Ele começou a meter com força na Lê e depois tocou de posição com Rodrigo.
Então meu namorado, veio e começou a comer meu cu, e comia muito gostoso, meu namorado então pediu para que Rodrigo metesse na minha boceta, enquanto ele comia meu rabo.
Sentei no pau de Rodrigo e meu namorado veio por trás me pegando forte e metendo sem parar, enquanto Letícia e Leonardo fudiam gostoso também, ate que eles gozaram.
Eu, meu namorado e Rodrigo metíamos gostoso; ate que Rodrigo tirou o seu pau e gozou, enquanto só meu namorado metia no meu cu, ate gozar tudinho dentro de mim.
Depois de todos terem metido muito gostoso, Leonardo e Letícia tomaram banho em casa, já Rodrigo somente esperou eles, pois ele ia levar eles embora. Rodrigo tinha vindo de carro, então decidiu levar eles.
Logo após deles irem embora, eu e meu namorado, nós deliciamos num gostoso banho.